No Place To Hide Yourself

by Nonsense Lyrics

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.
    Purchasable with gift card

      name your price

     

1.
03:05
2.
3.
(free) 02:16
4.
00:57
5.
(free) 04:20
6.
02:22
7.
01:53
8.
04:59
9.
00:55
10.
11.
12.
04:32

about

Esse menino chamado Gellyvan Fernandes vivia se escondendo na casa de Mário Alencar, sim, ele mesmo, o boss da Crooked (“Eu não sou boss de porra nenhuma”, Mário vai gritar). Enfiado no estúdio Lofizêra do chefinho, escapando para uma tocadinha no jardim do teatro Deodoro aqui na nossa capital, durante o “microfone livre” do movimento Antropofágico Miscigenado, geralmente por insistência nossa, o tímido Gelly foi montando esse criativo, acelerado, despojado e torrencial ''No Place to hide Yourself'', o novo álbum do projeto Nonsense Lyrics, saindo do forno de Alagoas para o Mundo.

Letras sinceras comprometidas com o próprio coração vagabundo e com as amizades, e olhe lá que esse mago também não deixa passar em branco as mazelas deste país mutilado e desfalcado, cantando a beleza da floresta para dizer que “O desmatamento mata cada sentimento…” em ''Pessoas são como Árvores''.

Totalmente envolvido com as viagens musicais da Crooked a produzir eventos que agitam Maceió com uma série de live sessions nos pubs e teatros da cidade, Gellyvan Fernandes faz deste ''No Place To Hide Yourself'' – gravado entre 2016 e 2017, com produção de Mário Alencar e uma pequena ajuda do amigo carioca Carlos Otávio Vianna, do Depressa Moço!, que tocou bateria em ''Long Trip'' – uma bandeira de musicalidade pulsante e espontânea, fincada num solo fértil que já havia dado seus primeiros frutos com o EP (oito faixas) do ano passado, ''Golden Country Punk''.

No novo álbum, Gelly toca as guitarras, violão e contrabaixo e, claro, todas as canções foram compostas por ele. Delirantes canções no melhor estilo Syd Barrett. Mário Alencar toca gaita, faz backing, guitarra e canta junto com Gelly em ''Não Sou o Mesmo'' e contrabaixo em ''Consolation'', ficando responsável, também, pelas programações que dão textura e harmonização à viagem sonora do bardo moleque da Crooked (e quem não é moleque neste selo? Ah, eu mesmo e o Carlos Otávio Vianna, hehehehe). Essa turma jovem ''ideosa'' da Crooked que anda quebrando os paradigmas do rock brasileiro com propostas bem adiante desse contexto almofadinha mainstream de bandas posers e fakes proliferando de Norte a Sul do país com seus álbuns ajustados (quadrados) em fórmulas tão desgastadas quanto enjoadas, estampadas nos inúmeros álbuns de crias de Los Hermanos (bleh!) e congêneres. O desenho da capa é do nosso próprio trovador, para quem o conhece irá identificar de imediato este traço frenético que cativa.

Nonsense Lyrics bota mais lenha nessa fogueira criativa, com a beleza de sentimentos reais emergentes que fazem da Crooked Tree Records o selo do momento. E Gellyvan Fernandes o arauto do novo rock tupiniquim.

por Sebage

credits

released October 9, 2017

#037

''No Place To Hide Yourself'' é um álbum gravado em Maceió entre 2016 e 2017

produção por Estúdio Lofizêra
música e capa por Gellyvan Fernandes (facebook.com/MeuMaudeParkinson)

participações:

Mário Alencar - bateria, programações e gaitas; backing vocal e contrabaixo em ''Consolation'', vocais e guitarras em ''Não Sou o Mesmo'';
Carlos Otávio Vianna - bateria em ''Long Trip''

nonsenselyrics.bandcamp.com
nonsenselyrics.bandcamp.com
nonsenselyrics.bandcamp.com

license

all rights reserved

tags

about

Crooked Tree Records Maceió, Brazil

Selo virtual/Brazilian net-label DIY

contact / help

Contact Crooked Tree Records

Streaming and
Download help

Track Name: Long Trip
Their paths always remain lit
So you can continue
also
to the long light
Those who have the opportunity
to walk with you (4x)
in a long trip

In a long trip...
long, long, long
trip!

I wish all the best for you (5x)
Always think of the best too (2x)
I wish all the best for you
Track Name: Pessoas São Como Árvores
Pessoas são como arvores vistas por dentro de um carro
Mas quem vai pela direita volta pela a esquerda
E quem vai pela esquerda volta pela direita

Tão bonitas intocáveis, são mais bonitas vistas por dentro de vitrines
Abraçar uma árvore entrar em uma multidão florestal
Ver arvores doentes e não poder abraça-las
E o desmatamento mata cada sentimento

Ver árvores tão fininhas entre linhas, é uma obra-prima
E lá vem uma outra estação, eu vejo folhas caindo pelo chão
E todo dia matam milhares, em cada esquina em cada beco sem saída
O mundo anda tão globalizado, cada índio com o seu próprio carro

De pé em pé bodemos botar, de pé em pé podemos trilhar
Um novo rumo, um percurso, um caminho, mais longo ou bem curto
De pé em pé bodemos botar, de pé em pé podemos trilhar
Um novo rumo, um percurso, um caminho, mais longo ou bem curto

O meio ambiente está meio doente...
Track Name: You Give Me Chills
My lady, I am surviving with so many surprises
You give me chills (2x)

You're gone and I stay here
Things do not always seem to be good
I hope to see
you soon

I hope to see...
Track Name: I Wanna Go Home
Lights blind me
I get confused
With so many people (2x)
on the streets (2x)

I wanna go home
Why is everything so hard for me?
Hard for me (3x)
I drift (3x)

I Look at all these people
They don't know what to say

I wanna go home
Why is everything so hard for me?
Hard for me (4x)
I drift
Track Name: Banquete
O mundo está aí para lhe servir
Um banquete
Mas você não entende o porque
Dessa sua falta de apetite

Tenha fome, tenha sede
Quando o garçom passar com a bandeja
Agarre a primeira cerveja!
E brinde (2x)
Como um Baco e seus vinhos (2x)

Tudo que te cerca
Pode te matar
Mas você não é louco para não olhar
Então beba a cerveja, como um Baco e seus vinhos

seus vinhos!

Tenha fome, tenha sede
Quando o garçom passar com a bandeja
Agarre a primeira cerveja!
E brinde
Como um Baco e seus vinhos
Como um deus que morreu de overdose (2x)
Como um deus que morreu
Track Name: O Doce
Sweet
The sweet
Remember you...
Track Name: Dias Iguais
Andando de skate nas ruas da cidade
Sinto seu perfume
Vou seguindo o rastro
Vendo onde me leva
Passo pela praça
Lembro de nós dois ali

Naquele banco abraçados
Vendo o sol se por
Atrás do velho cinema
Logo mais a frente
Vem a praia onde deitados ficamos juntos

Dias iguais
Data e hora eu não sei
Naquela esquina primeiro beijo te dei
Nessas ruas de mãos dadas nós andávamos tão perto que quase dava pra ouvir seus pensamentos

Dias iguais
Aquele atalho sempre pegava pra Ir ao colégio
Neste quarto, piadas contadas, risadas

Dias iguais
Vem e vão
Eu quero dividir estes dias iguais nunca tendo fim
Eram tempos bons
Eram dias iguais aos dias que não voltam mais

Dias iguais
Flashbacks me recordam que eram dias felizes
Dias ficaram, passaram pra trás
Agora vivo assim, o que vem amanhã nem me importa
Nem me importa
São dias que passaram, que ficaram atrás de nós
Querendo ver o que vem além do horizonte
Descendo atrás morrendo de novo
Amanhã vai subir
Tentarei ver se tocar em mim
Abençoado serei pois vivo esperando por um raio de sol tocar em meus olhos
Pra ter certeza que vivo feliz sem você
São dias iguais aos dias que não voltam mais
Dias iguais
Track Name: Ahhh Fucking Noisy Jam
Oi!? Olá?! Quem?!
Não!
Onde?! Quando?!
Talvez!
Aí depende
é!
Pode crer!
Já não sei,
fazia tempo né?!

É, engraçado
Pera aê, pera aê
Filho da pu******
Track Name: Não Sou o Mesmo (Feat. Mario The Alencar)
Não, os dias não vão voltar
Sei que um dia direi adeus
O terror de te reencontrar
com um novo rosto a me espreitar

Na esquina, na rua, no bar
Ou em qualquer lugar
Na esquina, na rua, no bar
Ou em qualquer lugar

Pois já não sou o mesmo rapaz (2x)
Track Name: Consolation
All the stars light your sky
but you know you'll die
Spoken promises
Should be
Written in blood with simple chords
Time passes and life goes
Cool, very cool

As you remember
You will not be free
Burn all (2x)

And live like a bird
that rises from the ashes
And live like a bird
that rises from the ashes

How many colors are necessary to color a day?
To color a day
My guitar is my only consolation
And I see your constellation

But you know you'll die
when they leave you
But you know you'll die
when they leave you
But you know you'll die
when they leave you
(...)

If you like No Place To Hide Yourself, you may also like: